Fibromialgia


Hoje vou falar um pouco sobre Fibromialgia,que é uma patologia que afeta inúmeras pessoas,eu inclusive.
Grande número de pessoas que ainda tem muitas dúvidas e muitas outras nunca ouviram falar.
Quando o reumatologista me disse,depois de muitos,muitos exames que eu tinha Fibromialgia,na mesma hora falei:
-O que é isto?
Na época,   fui  a vários médicos e nenhum encontrava explicação para as coisas que sentia.Já estava sem saber o que fazer,quando meu ortopedista me encaminhou para o reutatologista.
Bom,problema diagnosticado,achei que seria mais fácil melhorar.Não foi bem assim.
Quem tem ,sabe do que estou falando.Mas aqui não quero me referir aos problemas e sim deixar alguns links,e de alguma forma ajudar a quem tem,convive ou conhece alguém com fibromialgia.Talvez dar uma pequena luz para quem ,como eu,não tinha a menor idéia do que tinha.
Sei dizer que são muitos os tratamentos,muitas alternativas para conviver melhor com esta patologia.(Conviver,já que por hora não existe cura)
O mais importante a meu ver é entender o que acontece com a gente,tentar que as pessoas de nosso convívio mais próximo entendam.Assim fica bem mais fácil.

A Fibromialgia é uma síndrome reumática não articular,
não deformante, de causa desconhecida, caracterizada por dor crônica difusa músculo-esquelética por no mínimo 3 meses, presença de 11 dentre 18 pontos dolorosos específicos, além de manifestações clínicas como distúrbios do sono, distúrbios endócrinos, infecções virais, ansiedade e depressão 
(não necessariamente todas ou simultaneamente).

Estes pontos dolorosos podem surgir isoladamente e como forma referida de dor irradiada mesmo sem pressões diretas inferidas sobre eles. Estão localizados nas regiões suboccipital 
(nuca), cervical antero-inferior (parte da frente do pescoço), trapézio, supraespinhal, segunda costela, epicôndilo lateral (parte de "fora" do cotovelo), glúteo, trocânter maior e joelho.
Pessoas com Fibromialgia apresentam diminuição nos níveis de serotonina e aumento nos níveis de substância P (que são neurotransmissores), que influenciam na modulação da dor, piorando a sensação.
Portanto, se você tem ou conhece alguém que tenha essas características citadas acima, procure um médico de sua confiança e tire suas dúvidas.

A Fibromialgia ainda não apresenta cura, mas não significa que não tenha tratamento.
É possível obter ótimos resultados e levar uma vida com qualidade
.http://fisioterapianoblog.blogspot.com/2009/04/010409-fibromialgia.html

Para quem quiser saber mais sobre esta patologia segue alguns links:

 A todos que os blogs que em algum momento postaram algo sobre fibromialgia,meu muito obrigado.
Ajudaram muito Em especial ao blog  Fibromialgia -Nosso Mundo, que me levou a conhecer o medicamento que tomo hoje.



Comentários

ArtesaNara disse…
Passei para dar um oi. Força aí!
Bjo.