sábado, 29 de janeiro de 2011

“O Capitão AVAPE contra o Fantasma Autismo”

Este manual foi elaborado pelo
Grupo de Saúde Mental da AVAPE
(Associação para Valorização de Pessoas
com Deficiência), em parceria com o
Projeto Distúrbios do Desenvolvimento
do Instituto de Psicologia da USP, com
o objetivo de informar e esclarecer as
pessoas sobre o autismo.
O autismo, para fins diagnósticos, é
encontrado no DSM IV-TR e na CID 10,
dentro da classificação dos Transtornos
Invasivos do Desenvolvimento.
O conceito mais utilizada desde 2001
é “continuum autistico”, sendo também
evidenciado como transtorno do espectro
autista. Contudo, clinicamente, para pais
e cuidadores, a linguagem coloquial de
fácil entendimento usualmente utilizada
é Autismo.
Por meio de uma linguagem simples
e acessível, o Manual expõe as principais
características de diagnóstico do autismo,
que podem ser observadas pelos pais e
cuidadores desde a primeira infância.
Este volume abordará o que é o Autismo
e como evidenciá-lo precocemente. E no
próximo episódio, confira: “O Capitão
AVAPE contra o Fantasma Autismo - Parte
2: o combate”.
Boa leitura,
Grupo de Saúde Mental da AVAPE
Era uma vez...
Uma família muito unida e amorosa.
Todos estavam radiantes com a chegada de mais um filho.
Mas, quando nasceu, ou até os 36 meses de idade,
o menino recebeu a visita de um terrível fantasma,
que o brindou com três grandes dificuldades. Elas o
acompanhariam por toda a vida: – “Você terá problemas
para se relacionar com outras pessoas”. “Terá dificuldades
para se comunicar e terá atitudes esquisitas”.
Era tanta dedicação e amor, que seus pais nada perceberam. Até que...
Leia mais em:
Uma postagem de:
(Visitem,excelente blog-Caminhos do Autismo)

Um comentário:

vidarealdasam disse...

Olá queridíssima Eloisa !!

Incrível este manual, li o primeiro capítulo e achei muito interessante esta forma simples, mas bem clara e objetiva de informar as pessoas sobre o Autismo.
Sem dúvidas , a maioria de nós não tem conhecimentos técnicos e muitos sequer sabem algo sobre o assunto, por isso é muito importante informar as pessoas desta forma, para que possam auxiliar seus filhos e até mesmo detectar os sinais, que podem ser mal interpretados caso não haja esclarecimento.
bela iniciativa !!
Um super beijo e boa semana !!