domingo, 7 de agosto de 2011

Aluno relata experiências vivenciadas na disciplina de Arteterapia

Publicação do site http://www.upe.br-UPE Universidade de Pernambuco


A disciplina de Arteterapia, incluída no currículo do curso de Medicina da Universidade de Pernambuco (UPE), em atividade desde fevereiro de 2009, está tendo uma boa aceitação entre os alunos. De carater multiprofissional, a disciplina também é ofertada para  estudantes de outras áreas da saúde da universidade, como: Odontologia, Enfermagem, Educação Física e Ciências Biológica. 

     O conteúdo programático proposto para as aulas oferece experiências importantes e de fácil reprodução no âmbito prático das específicas áreas de formação dos alunos, que utilizam também técnicas de linguagem coroporal, interpretação, dramatização, contação de histórias, video-fotografia, entre outras. 
      De acordo com o coordenador do curso, professor Paulo Barreto Campelo, neste segundo semestre de 2011 mais uma turma vai inciar as aulas. “Desde que começou, mais de 200 alunos cursaram a disciplina”, contabilizou. O estudante Ângelo de Andrade Rodrigus dos Santos, do Curso de Bacharelado em Educação Física da UPE, é um deles. Ele entrou na universidade em 2006, e se surpreendeu com o curso. Em seu relato, ressaltou que “vivenciar tais experiências com acadêmicos dos diversos cursos da área da saúde oferecidos pela Universidade reforçou ainda mais a importância da construção e disseminação do conhecimentro em caráter multidisciplinar no cotidiano dos profissionais de saúde.” Veja abaixo o depoimento do aluno sobre a importância da disciplina.

CONSIDERAÇÕES SOBRE A DISCIPLINA DE ARTETERAPIA

Experiências vivenciadas na Disciplina de Arteterapia no semestre 2011.1
"Inicialmente a possibilidade de me matricular na disciplina de Arteterapia se deu essencialmente pela necessidade de cumprimento da carga horária de disciplinas optativas a cumprir, bem como, pela disponibilidade temporal que possuia no semestre 2011.1 considerando outros compromissos de ordem pessoal como, atividades laborais, por exemplo.
Quando as aulas começaram a ser ministradas pude observar que o alinhamento do conteúdo programático proposto, em sua essência, efetivamente ofereceria aos discentes experiências de rica valia e fácil reprodução para o âmbito prático de suas específicas áreas de intervenção. No caso Bacharel em Educação Física, meu campo específico de formação, a oportunidade de reconsiderar os diversos conceitos outrora vivenciados na disciplina de Psicologia do Esporte oferecida na matriz curricular da Escola Superior de Educação Física da UPE, certamente seria um mecanismo concreto de fortalecimento da assimilação de tais conteúdos, no intuito de qualificar ainda mais minha intervenção, estando esta voltada inevitavelmente para atender o crescimento integral do ser humano em todas as suas dimensões.
Com o desenrolar do semestre passei a perceber que, além das previsões supracitadas, vivenciar tais experiências com acadêmicos dos diversos cursos da área da saúde oferecidos pela Universidade reforçou ainda mais a importância da construção e disseminação do conhecimentro em caráter multidisciplinar no cotidiano dos profissionais de saúde. Certamente, a construção do conhecimento estabelecida dialogicamente neste período irá interferir diretamente na melhoria dos serviços de saúde prestados aos pernambucanos, contribuindo assim com a asseguridade do cumprimento de uma das funções mais importantes atribuídas à Universidade moderna.
Paralelamente a todas as considerações expostas acredito que, além dos aspectos acadêmicos abordados, o aspecto do crescimento pessoal a partir das reflexões humanísticas desencadeadas com os procedimentos metodológicos desenvolvidos durante a disciplina, me fez despertar para a necessidade de dominarmos o nosso dia a dia de maneira plural, não permitindo que questões consideradas inexpressivas possam, com o passar do tempo, representar qualquer tipo de perigo comprometedor ao nosso convívio humano social. A partir dele, pude concluir que inevitavelmente precisaria modificar uma série de posturas e ações pessoais diariamente efetivadas no sentido de promover a qualificação da autogestão da minha vida como um todo, permitindo-me uma sutil porém importante transformação enquanto ser social, sabedor de sua função a favor do desenvolvimento coletivo ao qual me submeti quando optei por ingressar numa Universidade Pública. Enfim, cursar a disciplina de Arteterapia no semestre passado representou para mim uma experiência acadêmica ímpar e de alto impacto positivo na minha formação cidadã.
Obrigado pela oportunidade e parabéns pelo trabalho desenvolvido na nossa UPE!
Abraços e sucesso na caminhada!"
ÂNGELO DE ANDRADE RODRIGUES DOS SANTOS
Discente do Curso de Bacharelado em Educação Física da UPE

Um comentário:

Malu disse...

Hoje estou passando apenas para lhe fazer um convite.
Estou falando do www.superlinks.blog.br que é um site agregador que vale a pena visitar, pois é mais um espaço no qual você poderá publicar seus links de matérias, pois é um site sério e com critérios bem positivos.
Espero que goste da dica.
Um grande abraço

AVISO


Nem todas as imagens no blog são de minha autoria, se uma delas for sua e não quiser que eu a use, entre em contato que coloco os devidos créditos ou retiro.