terça-feira, 3 de agosto de 2010

Doença de Alzheimer


Atenção aos sintomas
Dificuldades de memória que ultrapassem situações comuns a todas as idades podem ser sintomas da doença de Alzheimer. A doença neurológica acomete, principalmente, pessoas de terceira idade, gerando lapsos de memória e confusão mental. Ao atingir um estágio avançado, o paciente apresenta dificuldades para se locomover e realizar tarefas simples, como alimentar-se e vestir-se, passando a demandar cuidados especiais em tempo integral.
Os familiares têm um papel fundamental no diagnóstico correto da doença ao perceber as mudanças de comportamento e encaminhar o paciente a um geriatra, psiquiatra ou neurologista. Identificada a doença, eles assumem a importante função de cuidadores, podendo auxiliar em atividades cotidianas e no controle do tratamento. Com a terapia adequada e o apoio da família, é possível controlar os sintomas e proporcionar melhor qualidade de vida a todos.
O melhor tratamento para as doenças neurológicas e psiquiátricas é aquele realizado com apoio e compreensão dos familiares e amigos do paciente, além de acompanhamento médico especializado e regular. Entender os impactos sociais e psicológicos nos pacientes com algum transtorno é essencial para controlar a doença e traçar ações que contribuam com a melhoria da qualidade de vida de todos os envolvidos. Para cuidar, é preciso vencer o preconceito.
A arte terapia para portadores de alzheimer propõe a estimulação cognitiva da atenção, memória concentração e coordenação motora, que influenciará ajudando no nível de estresse; na diminuição, em alguns casos, da progressão da doença e na manutenção da autonomia das atividades da vida diária.

Nenhum comentário:

AVISO


Nem todas as imagens no blog são de minha autoria, se uma delas for sua e não quiser que eu a use, entre em contato que coloco os devidos créditos ou retiro.