sábado, 15 de setembro de 2012

O QUE TEM DENTRO DE MIM QUE EU NÃO VEJO


Por Cynthia Alves

Marisa tem um monte de coisas dentro de si que ela não vê.

Juliana também. E Carolina.

Mas o que elas têm dentro de si que elas não vêm?

Juliana responde: Tenho amor. O amor a gente não vê. Só sente.

Carolina concorda. Amor, alegria, esperança estão dentro da gente.

Isso se chama SENTIMENTO.

Marisa pensou em algo diferente.

Eu tenho todos os pássaros, todas as flores, todas as nuvens e primaveras que já vi algum dia. Eu os tenho dentro de mim. Isso se chama MEMÓRIA”.
Juliana e Carolina sorriem! Como não haviam pensando nisso? Todos os dias ensolarados estão em suas memórias. As viagens, o dia em que Juliana machucou o joelho, os lanches na casa da avó...Que bacana! Elas os têm dentro de si.

Mas que coisa interessante é a nossa cachola, diz Carolina!

Tanta coisa, tanta coisa...completa Juliana.

Coisas simples e complicadas, reflete Marisa!

A professora interrompe a conversa e propõe uma atividade.

Hoje vocês farão um desenho sobre o que tem dentro de vocês que vocês não vêm.

Marcello contesta: “Se eu fechar os olhos, eu vejo!!!”

“Muito bem. Marcello!” Responde a professora. “Isso se chama IMAGINAÇÃO.”

Imaginar é colocar a nossa memória pra funcionar. Todas as coisas que guardamos.

“E quando o que eu vejo está fora?” Pergunta Marcello.

É chamado de PERCEPÇÃO”, responde a “fessora”.

As cores, os sons, os sabores são todos percepção.

Acontecem através dos sentidos: visão, olfato, audição, paladar e tato.

As crianças começam a atividade e logo percebem que precisam de tinta para desenhar.

A professora sorrindo completa: Isso se chama ARTE.

A arte é colocar lá fora o que está cá dentro.

Marieta pintou o sonho que teve esta noite.

Isto ainda é mais complicado!

O sonho, será que ele existe?

O sonho é uma mistura do que vemos durante o dia, diz a fessora.

Misturamos memória e o nosso querer.

Querer? Mas o que é o querer? Pergunta Carolina.

Marieta arrisca: Querer é quando sentimos falta de alguma coisa.

É como quando queremos pintar ou estar com alguém de quem sentimos falta.

Carolina quer saber se entendeu:

Ouço uma música através da percepção. Guardo, através da memória. Lembro, através da imaginação. Toco, através da arte. Sonho, através dos sonhos. Fico feliz, através do sentimento e sinto falta, através do Querer.”

Carolina recebeu um 10. Demonstra que aprendeu a lição.

Mas será que alguém sabe o que é APRENDER?

Aprender é compreender, define Marcello.

E compreender é o motivo pelo qual vamos à escola.

Aprender é memorizar. Pode ser uma aula, uma música, uma equação matemática. Pode ser uma regra ortográfica ou uma palavra em inglês.

Aprender envolve compreensão, atenção e arte.

Querer, memória e emoção.

O que aprendemos, dificilmente esquecemos, porque o que aprendemos fica guardado na nossa memória.

E a emoção, professora, o que é? Pergunta Marisa.


Emoção é a mais difícil de explicar. É quando você sente, faz ou ouve alguma uma coisa que toca o seu coração. Uma descoberta, uma conquista, um sonho a realizar.

A emoção por si só vale toda a explicação.

Nenhum comentário:

AVISO


Nem todas as imagens no blog são de minha autoria, se uma delas for sua e não quiser que eu a use, entre em contato que coloco os devidos créditos ou retiro.