terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Conflitos

"...compreender que certos acontecimentos,que para os adultos poderiam facilmente configurar-se em tolices,para as crianças podem ser causadores de angústia e ansiedade legítimas."Vanessa Coutinho,do livro Arteterapia com crianças.

Tempos atrás atendia uma garotinha de 6 anos,alegre,comunicativa e muito criativa.Frequentava o atelier por adorar desenha,pintar...O que ocorre com bastante frequencia.As mães procuram apenas porque a criança manifesta interesse pela atividade.
Pois bem,esta garotinha ficou sem aparecer no Atelier por alguns dias,e quando voltou chegou no colo da mãe.
A mãe explicou que, sem mais nem porque ela havia parado de andar.Todos os exames tinham sido feito e nada fora constatado de anormal fisicamente . O pediatra achou então por bem que ela retorna-se as suas atividades normais.
Ela foi então acomodada num cadeira e quis fazer uma pintura.
Passei a observar o que pintava sem interferir no seu trabalho,apenas lhe dando o que necessitava.
O resultado do trabalho :Pintou três pessoas .Mas havia uma mancha preta atrás de uma das figuras.
Perguntei então:
-  Quem são?
-  Ah,eu,meu pai e minha mãe.
-  Muito bem,e esta nuvem preta ai.está chovendo no seu pai?
-  Não,essa é a bruxa que quer levar ele embora da minha casa.
-  E o que você gostaria de fazer? Já terminou?
-  Não,eu quero tirar a bruxa dai.
-  Como  vamos fazer isso?
Decidimos então recortar a mancha e colar o desenho em outro papel.Assim fizemos.
Após colarmos o desenho perguntei:
-  O que vamos fazer com a (bruxa),mancha preta?
-  Podemos queimar ela? Ela é muito malvada.
_ Podemos.
Peguei um recipiente adequado  e queimei o papel. Ao terminar a a garotinha se levantou,saiu correndo pela sala indo brincar com as outras crianças.
Parou de repente,olhou pra mim e disse:
- Olha tia,eu sarei.estou conseguindo andar.
- É mesmo,respondi.Aproveita e vai brincar.
Quando a mãe chegou para buscá-la a encontrou correndo pela sala com as outras crianças.

Em conversa com a mãe,mais tarde relatei o acontecido.A mãe,chorando me contou que ela e o marido haviam se desentendido, mas que a menina dormia nessa hora.E que o marido estava tendo um relacionamento extra conjugal e iam se separar.
O fato é que ninguém até então sabia disso.

Bom,esta menina continuou no Atelier por muito tempo.A separação ocorreu e ela através de desenho e dramatizações falou bastante disto,mas sem maiores traumas.

Como diz Vanessa Coutinho,um terapeuta precisa apurar sua capacidade de compreender as mensagens que lhe chegam através das modalidades não verbais de comunicação.
Tudo isso pode revelar-se um código bem mais rico que palavras.

Alguns conflitos são resolvidos e revelados de maneira muito clara ,outros não.Muito importante é não ficar preso a interpretações pelo simples fato da criança  ter desenhado isso ou aquilo.

                        

6 comentários:

Tays Briski disse...

Eloisa, nunca tinha me atentado para o trabalho belíssimo que vc faz, me emocionei e me encantei vindo aqui visitar você. Não deixe de dividir conosco suas impressões e vivências. Concordo com vc quando diz que a criança nem sempre se expressa diretamente e tive ontem uma experiência com meu filho nesse âmbito. Vou linkar vc no meu blog Pinceladas Criativas, gostei demais. Beijos muitos e bom final de semana!

Eloisa Floriano Fasulo disse...

Obrigada Tays,é sempre muito gratificante ler comentários assim.Obrigada também por linkar-me.
Adoro o seu cantinho pinceladas Criativas,passo sempre por lá.
Beijos.

Siartes disse...

Oi legal a sua arte tambem, obrigada pela visita, ainda estou um pouco perdida comecei agora com o blog. Simone

Juliana disse...

Oi Eloisa, como pode ver mudei tudo por aqui!
Espero que goste e caso queira alterar algo estou a disposição.
Sucesso com seu blog!
Juliana

LE ARTE disse...

Oi Eloisa,estou com lágrimas nos olhos depois de ter lido esse depoimento seu. Nós adultos temos mania de achar que as crianças não percebem o que se passa na vida dos pais, mas é pura ingenuidade da gente...e com eles é que realmente aprendemos as coisas essenciais da vida!!!!
parabéns pelo seu lindo trabalho, sabe que já a admiro não é de hoje!!
beijocasnil para voce

Helena

Vanessa Coutinho disse...

Eloísa, fico muito feliz de que vc utilize um trecho do meu livro ("Arteterapia com Crianças") para ilustrar seu comentário no blog. A partir de agosto, estarei dando um curso sobre o assunto. Caso conheça alguém que se interesse, por favor, divulgue. Abraço.